O que é flocão de milho? Entenda!

Veja no artigo de hoje o que é o flocão de milho. Você já deve ter se deparado com este ingrediente em alguma receita que gostaria de fazer, e pode ter ficado na dúvida sobre o que é e para que serve, confira agora.

Flocão de milho para que serve?

O flocão de milho é utilizado em diversas receitas típicas do nordeste, onde é muito comum de ser o ingrediente principal do cuscuz, mas também faz parte de diversas farofas, e alguns bolos típicos.

O flocão de milho também pode ser utilizado em receitas que normalmente levam fubá, onde o flocão substitui muito bem o ingrediente, principalmente em receitas de polentas, que ficam com uma textura diferente, mas muito saborosa.

Qual a diferença entre flocão e farinha de milho?

A principal diferença é no tamanho, pois o flocão é o milho moído e desidratado, porém sem uma moagem muito fina, já a farinha passa por um processo de moagem, para deixarem seus flocos mais finos, ideais para algumas farofas.

Veja: Quanto custa um Tesla no Brasil.

Qual a diferença entre cuscuz e flocão?

Cuscuz é a receita feita a partir de alguma farinha de milho, podendo ser até mesmo o flocão, já o flocão em si é um produto derivado do milho, mais grosseiro que a farinha, que pode ser utilizado para o preparo de diversas receitas.

O que é flocão de milho?

O flocão basicamente é o milho seco e amassado, onde todo o grão é utilizado para se tornar um único floco, é muito utilizado em receitas, e é a base para o preparo de cereais matinais com flocos de milho, como o Sucrilhos.

O que pode substituir o flocão de milho?

Para substituir o flocão de milho você primeiro precisa entender na sua receita para o que ele será utilizado, pois existem algumas que não dependem da textura do flocão, onde diversos outros produtos do milho podem ser utilizados.

Para o preparo de um cuscuz por exemplo, o flocão pode ser substituído por uma farinha de milho um pouco mais grossa, sem nenhuma diferença na textura da receita e nem no sabor.

Em polentas que levam o flocão, ele pode ser substituído pela farinha de milho em qualquer tamanho, e até mesmo pelo fubá mimoso, que também é feito de milho, porém e bem moído para se obter uma farinha bem fina.

Já em receitas onde a textura do flocão conta, como é o caso de cereais matinais, é bem difícil substituí-lo por outro ingrediente, sem alterar o resultado final do produto, onde toda a estrutura do flocão, faz parte da receita.

O que pode fazer com flocão de milho?

Basicamente qualquer receita que leve farinha de milho, isso porque o flocão pode ser dissolvido na água sem nenhum problema, obtendo assim o mesmo resultado que um fubá por exemplo.

Ele também pode ser utilizado para farofas, onde caso queira uma mais fina, basta ir quebrando o flocão de milho durante o preparo, e obter o mesmo resultado que uma farinha de milho tradicional.

Porém o flocão é mais utilizado em toda a sua estrutura, principalmente em cereais matinais com flocos de milho, onde todo o floco é aproveitado, de modo a trazer uma textura e crocância única para a receita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.